BLACK CLOVER: QUARTET KNIGHTS TERÁ BETA EM JULHO

O jogo será lançado em 13 de setembro.
Black Clover: Quartet Knights
© Black Clover: Quartet Knights
Foi divulgado nesta terça-feira, pela Bandai Namco, que Black Clover: Quartet Knights terá um beta no PlayStation 4 no Japão, Europa e América do Norte de 15 a 17 de julho. O beta contará com 10 personagens jogáveis e quatro contra quatro batalhas online.
Black Clover: Quartet Knights
© Black Clover: Quartet Knights


O jogo será lançado para Playstation 4 e PC via Steam em 13 de setembro.

Sinopse

“Black Clover conta a história de Asta, um jovem sem magia que deseja se tornar o Mago Imperador, o mais poderoso de todos os magos. Porém Asta não tem nenhuma aptidão mágica, sendo assim, não pode usar magia, e para compensar sua falta de poder, Asta treina arduamente todos os dias seu corpo, para poder tornar-se cada vez mais forte.”
“Asta e Yuno são amigos de infância, viveram em um orfanato em uma cidade pequena. Asta não tendo nenhum talento para magia e Yuno sendo totalmente o contrário… Yuno é um prodígio na magia e possui um grande poder. A história começa quando Asta e Yuno vão até a cidade principal no reino de Clover, para que possam ser escolhidos por seus grimórios, porém durante a seleção acontece o inesperado…”

Mais sobre Black Clover

Black Clover é escrito e ilustrado por Yuuki Tabata, que começou a ser publicado em fevereiro de 2015 na Weekly Shounen Jump. O mangá segue em publicação até o momento.
O anime estreou em outubro, sendo produzido pelo Studio Pierrot, no Brasil pode ser conferido de maneira oficial na Crunchyroll. O anime terá 51 episódios ao todo. A Crunchyroll confirmou Black Clovertambém será dublado para português do Brasil.

Fonte: Aqui!

INFINITE STRATOS – MANGÁ ENTRARÁ EM HIATO

A obra está em publicação desde 2013.
Infinite Stratos
© Infinite Stratos
A edição de julho da revista Monthly Sunday GX, revelou nesta terça-feira que a adaptação para mangá de Infinite Stratos, de Homura Yuuki, entrará em hiato e voltará no ano que vem. O sétimo volume do mangá será lançado quando o mangá retornar.

Capa do 1º volume

Infinite Stratos
© Infinite Stratos

Sinopse

Em um mundo de progresso tecnológico, as mulheres são as únicas que podem pilotar a unidade militar mais avançada da história – o Infinite Stratos (IS). Com esse poder, as mulheres assumiram o controle total de todos os empreendimentos políticos, sociais e econômicos; deixando os homens à margem da sociedade, para atender aos seus caprichos. Isso até que Orimura Ichika, o único homem encontrado com capacidade de pilotar um IS, é colocado no centro das atenções, e se matriculou na prestigiosa IS Academy. Preso no meio de uma população dominada por mulheres, Ichika se propõe a provar que os homens ainda têm um lugar neste mundo. Mal sabia ele que era exatamente isso o que essas mulheres procuravam.

Sobre Infinite Stratos

A obra começou a ser publicada em maio de 2009 e conta com duas temporadas animadas. A primeira foi lançada em 2011 e a segunda em 2013, ambas 12 episódios cada, a obra ainda conta com 2 OVAs. A série também inspirou vários jogos e mangás.

Fonte: Aqui!

PHANTOM IN THE TWILIGHT: MAIS VÍDEO PROMOCIONAL DIVULGADO

A série estreará na temporada de julho.
Phantom in the Twilight
© Phantom in the Twilight
Happy Elements divulgou no site oficial de Phantom in the Twilight o terceiro de uma série de vídeos dedicados a seus personagens, desta vez sobre a personagem Baileu Ton. Confira:

Vídeo


Sobre o anime

A história se passará em Londres, onde encontraremos o misterioso “Café Forbidden”, que só abre à noite. O anime é protagonizado por uma menina que foi a cidade para estudar, e que acaba conhecendo vários homens bonitos que trabalham naquele lugar, um lugar onde a fronteira entre o mundo humano e o submundo desaparece.
A obra será produzida pelo estúdio Liden Films e contará com a direção de Kunihiro Mori (Mars Daybreak)Fumiaki Maruto (Classroom Crisis, Saenai Heroine) e Sunsaku Yano estarão encarregados da composição da série. Maruto também aparece como responsável pela enredo original.

O elenco contará com:

  • Kana Hanazawa como Bayrou Ton
  • Takahiro Sakurai como Vlad Garfunkel
  • Nobuhiko Okamoto como Luke Bowen
  • Tomokazu Sugita como Toryu
  • Daiki Yamashita como Wayne King

Fonte: Aqui!

STEINS;GATE ELITE GANHA DATA DE LANÇAMENTO

O game é uma versão melhorada do jogo original.
Steins;Gate Elite
© Steins;Gate
O site oficial do jogo Steins;Gate Elite da 5pb, divulgou um vídeo promocional com a abertura que confirma que o jogo será lançado em 20 de setembro. Confira o vídeo:

Vídeo

Steins;Gate Elite é uma versão melhorada do jogo original que contará com novos elementos, incluindo novas cenas e cortes mais bem animados, bem como modelos 3D atualizados.
O jogo estavá programado para ser lançado em 15 de março no Japão, mas foi adiado para ser lançado globalmente. A recém-criada subsidiária norte-americana da Spike Chunsoft também lançará o jogo física e digitalmente para o PlayStation 4 e Nintendo Switch, e no PC via Steam.

Sobre Steins;Gate

Steins;Gate é uma visual novel japonesa desenvolvida pela 5pb e pela Nitroplus. Lançada em 15 de outubro de 2009 para o Xbox 360. Essa é a segunda vez que essas empresas trabalham juntas depois de Chaos;Head. Uma versão foi feita para Windows, que foi lançada em 26 de agosto de 2010 e outra versão para PSP, lançada em 23 de junho de 2011. Steins;Gate segue um enredo não-linear que oferece cenários pré-determinados com algumas interações com o jogador.
Uma adaptação para mangá feita por Sarachi Yomi foi publicada em setembro de 2009. Uma segunda série de mangás foi feita por Kenji Mizuta em dezembro de 2009. Uma versão em anime foi ao ar no Japão entre 6 de abril de 2011 e 14 de setembro de 2011, com intenção de ser levada para o cinema. Uma sequência do jogo chamada Steins;Gate: Hiyoku Renri no Darling foi lançada em 16 de junho de 2011. A segunda sequência do jogo chamada Steins;Gate 8bitfoi lançada em 28 de Novembro de 2011.

Fonte: Aqui!

BOKU NO HERO: FUTARI NO HERO – TRAILER DESTACA MANGÁ BÔNUS

O filme estreará dia 5 de julho na Anime Expo.
Boku no Hero: Futari no Hero
© Boku no Hero: Futari no Hero
Foi divulgado nesta segunda-feira um novo trailer para o filme Boku no Hero: Futari no Hero, nele é destacado o “Volume 0 – Origin” do mangá, o qual serão distribuídas 1 milhão de copias aos espectadores japoneses. Confira:

Trailer


O filme que estreará dia 5 de julho na Anime Expo e nos cinemas japoneses em 3 de agostose passará “no exterior”, em uma gigantesca cidade flutuante artificial chamada “I Island”. Realizado após o Arco do Exame Final e antes do “Arco do Treinamento na Floresta”. Além disso, mostrará “A era de ouro” de All Might.
Boku no Hero: Futari no Hero
© Boku no Hero: Futari no Hero

Mais sobre Boku no Hero

A série Boku no Hero, é produzida pelo estúdio Bones (Full Metal Alchemist, Noragami, Bungou Stray Dogs, Kekkai Sensen), o qual é conhecido por suas boas animações. A primeira temporada estreou em abril de 2016 e teve um total de 13 episódios.
Sua segunda temporada encerrou-se com 25 episódios, cobrindo o arco do Festival de Esportes U.A. do mangá original de Kouhei Horikoshi. A terceira temporada da obra está em lançamento desde abril de 2018 até o momento e contará com 25 episódios.
Tal mangá foi publicado pela primeira vez na revista Weekly Shonen Jump, em junho de 2014 e está em publicação até o momento.

Fonte: Aqui!

TOKYO GHOUL:RE CALL TO EXIST – GAME PARA CONSOLES É ANUNCIADO

O jogo será lançado ainda em 2018!
Tokyo Ghoul:RE
© Tokyo Ghoul:RE
A última edição da V-Jump revelou que Tokyo Ghoul:RE ganhará um game para consoles, intitulado Tokyo Ghoul:RE Call to Exist. O jogo será lançado ainda em 2018 e foi confirmado primeiramente para PlayStation 4, contudo deve chegar a outras plataformas. Confira a imagem:
Tokyo Ghoul:RE Call to Exist
© Tokyo Ghoul:RE Call to Exist
Tokyo Ghoul:RE Call to Exist promete muita ação e belos gráficos que se desdobram pela perspectiva de três personagens. Os jogadores vão lutar através dos campos de batalha enquanto utilizam seus Kagune como Ghouls ou Quinque como Investigadores. O jogo também terá suporte a batalhas online com grandes grupos divididos em Ghouls e Investigadores, bem como cooperativos online.
Tokyo Ghoul:RE
© Tokyo Ghoul:RE
A adaptação para anime de Tokyo Ghoul:REestreou em abril e sua segunda temporada foi confirmada para estrear em outubro.

Trailer de Tokyo Ghoul:Re

Sinopse de Tokyo Ghoul:RE

“Dois anos se passaram desde o ataque da CCG a Anteiku. Embora a atmosfera em Tóquio tenha mudado drasticamente devido à crescente influência do CCG, os ghouls continuam a apresentar um problema, já que começaram a tomar cautela, especialmente a organização terrorista Aogiri Tree, que reconhece a crescente ameaça do CCG para sua existência. 
A criação de uma equipe especial, conhecida como o Quinx Squad, pode proporcionar ao CCG o impulso que precisam para exterminar os residentes indesejados de Tóquio. Como seres humanos que foram submetidos a uma cirurgia para fazer uso das habilidades especiais de um ghouls, eles participam de operações para erradicar as criaturas perigosas.
O líder deste grupo, Haise Sasaki, é um meio-ghoul, meio humano, que foi treinado pelo famoso investigador de classe especial, Kishou Arima. No entanto, há mais para este jovem do que os olhos, como lembranças desconhecidas em sua mente, lembrando-o lentamente da pessoa que ele costumava ser.”
Tokyo Ghoul:RE
© Tokyo Ghoul:RE

Sobre a série:

Tokyo Ghoul:RE é a continuação de Tokyo Ghoul, que começou a ser publicado em 2014 e segue em publicação. Ambos os mangás são escritos por Sui Ishida.
Tokyo Ghoul, foi publicado de 2011 a 2014 em um total de 14 volumes na revista Young JumpNo Brasil, foi publicação pela editora Panini.
As adaptações animadas do primeiro mangá foram produzidas pelo estúdio Pierrot, em duas temporadas com 12 episódios cada, entretanto a segunda segue um caminho que difere do mangá.

Fonte: Aqui!

THE LOST CANVAS: MOTIVOS DA OBRA SER A MELHOR ADAPTAÇÃO DE SAINT SEIYA

O que faz The Lost Canvas ser tão incrível, angariar uma legião de fãs e ser melhor que a serie original?
©TMS Entertainment
O anime Saint Seiya (ou Cavaleiros do Zodíaco, para nós brasileiros), desde a sua essência, fez um grande sucesso no mundo; e por aqui não foi diferente. Quando era exibida lá nos primórdios da nossa saudosa TV Manchete! Porém, nem tudo são flores. As críticas a obra criada por Masami Kurumada são grandes; desde o excesso de protagonismo (exercido por Seiya) , até pela falta de profundidade em personagens secundários.
Mas eis que em 2006 é lançado um mangá, do qual não foi feito por Kurumada mas de total aprovação dele (a princípio era de aprovação dele, depois virou não canônico, uma história paralela); escrita por Shiori Teshirogi, que se popularizou tornando-a, para a grande parte dos fãs de Cavaleiros, a melhor adaptação da obra, e o seu nome é Os Cavaleiros do Zodiaco: The Lost Canvas. Falaremos alguns dos motivos nos quais; esse mangá/anime, é a melhor adaptação de Saint Seiya.

Enredo

©TMS Entertainment
Cavaleiros do Zodíaco sempre teve como base de história; a luta dos defensores da deusa Athena contra um mal maior (no caso, sempre contra algum Deus) e consequentemente elevando seu patamar para uma guerra. Porém, Kurumada nunca se preocupou muito em construir uma narrativa dos personagens. Mas o que eu quero dizer com isso? Quero dizer o que motiva realmente um cavaleiro a lutar numa guerra? Não é somente a questão de servidão a deusa e por isso tenho que lutar; mas sim a razão que faz querer lutar, quem eu tenho que proteger?
Em Lost Canvas, este aspecto é levado a sério, onde eu posso citar; como exemplo, do protagonista Tenma de Pégasus. Ele vivia em um orfanato e desenvolveu uma forte ligação com Alone e Sasha, que viriam a ser, futuramente, a reencarnação de Hades e Athena, respectivamente! E isso é um aspecto interessante, pois o protagonista do anime conhece muito bem os “deuses”, pois nutrem uma amizade desde quando eram menores; o que deixa mais humanizado o personagem, causando empatia para com o público.

Personagens secundários

Outro grande problema que a série clássica de Cavaleiros possui, é de ter uma gama muito grande de personagens que foram jogados aleatoriamente na história, sem sentido nenhum (como os cavaleiros de prata, na saga do santuário) e em grande maioria, não explicando nada sobre eles! São tacados na história, simplesmente para saberem que existem. Só isso. Cadê a construção de personagens, Kurumada?
©TMS Entertainment/Kagaho, o Mito.
Em Saint Seiya The Lost Canvas, há a sub tramas dentro da história, que são muito bem retratados; como a relação histórica entre Hades e o cavaleiro de Pegásus; a história entre Sage e Manigold de Câncer; mas gostaria de citar aqui o arco de Kagaho de Benu; que é um dos espectros de Hades; e um dos mais fortes; diga-se de passagem. O enredo dele é muito bem trabalhado e toda sua construção é ótima. Como se isso não bastasse, ainda fica implícito que existe uma ligação dele com a futura armadura de Fênix, usada por Ikki. Simplesmente incrível.

Os Cavaleiros de Ouro

©TMS Entertainment/É Disso Que Estou Falando
Bem, o que dizer deles não é mesmo? Começaremos com a serie clássica. Como já mencionado, o grande problema do Kurumada é não saber trabalhar personagens, e com os “dourados” não foi diferente. E os exemplos mais claros disso são dois Cavaleiros de Ouro: Máscara da Morte de Câncer e Afrodite de Peixes. Alguém poderia dizer a função deles na obra? Infelizmente, foram tacados como se fossem “mais um inútil descartável”. Lamentável. Apesar de que em Saint Seiya: Soul of Gold, eles tiveram bastante destaque, mas isso não aconteceria se não existisse The Lost Canvas. Isso chega ao ponto de eles mudarem a personalidade do Máscara da Morte, e deixar semelhante ao seu antecessor, Manigold de Câncer. Mas isso é papo para outro post.
©TMS Entertainment/ Albáfica, que história, meus amigos!
Já em Lost Canvas, o tratamento dado a cada Cavaleiro de Ouro é ótima. Cada dourado tem sua própria história com começo, meio e fim.  Se eu começar a citar cada um dos “Dourados” e seus contos; daria um post gigantesco, mas podemos citar alguns aqui para exemplificar, tais como o já mencionado Hasgard de Touro e etc.
O desenvolvimento feito e as histórias de vida de cada um é simplesmente incrível e bem-emocionante; em todos os aspectos. Isso era o que os fãs de Saint Seiya queriam. Um foco maior nos Cavaleiros de Ouro, e tendo uma história muito bem-explorada. A humanização dos personagens em The Lost Canvas é, com certeza, um dos pontos altos da obra.
E você meu caro “cosmonauta” guru? Gostou de saber os motivos que faz The Lost Canvas ser a melhor adaptação de Saint Seiya? Na minha opinião é claro. Deixe seus comentários sobre o que achou e sobre sugestões para os próximos posts. Grande abraço até a próxima e faça elevar, o cosmo do seu coração!

GAIKOTSU SHOTENIN HONDA-SAN GANHA PRIMEIRO TRAILER

Comédia é centrada em um esqueleto.

Gaikotsu Shotenin Honda-san
© Gaikotsu Shotenin Honda-san

O site oficial da adaptação para anime de Gaikotsu Shotenin Honda-san, divulgou na ultima sexta-feira, o primeiro trailer e Staff da série. Confira:

Trailer

Staff

Owl Todoroki está dirigindo a série no estúdio DLE, e Shin Okashima está escrevendo e supervisionando os roteiros. Naoko Kakiki é o designer de personagens, Yuichi Imaizumi o diretor de som da Half HP Studio.

Visual


© Gaikotsu Shotenin Honda-san
©Gaikotsu Shotenin Honda-san

Sinopse

”A história do mangá de comédia é centrada em um esqueleto chamado Honda, que trabalha em uma livraria. Hilarity segue diariamente em seu trabalho no balcão de mangás da loja.”

Sobre

Honda lançou o mangá no site pixic Comic, em agosto de 2015 e o primeiro volume foi publicado pela Media Factory, em março de 2016. A obra teve o seu terceiro volume publicado em setembro.

Fonte: Aqui!

Todos os direitos reservados. © 2018 Ⓐnime e Ⓒafé