Postado por : Naraku quarta-feira, 14 de março de 2018

O anúncio aconteceu através da assessoria de imprensa da editora

Versailles no Bara
                                                                                         ©Versailles no Bara
A assessoria de imprensa da editora JBC anunciou a publicação de um grande sucesso dos mangás shoujo, Versailles no Bara ou Rosa de Versalhes.

Sobre a obra:

Riyoko Ikeda​ desenvolveu o mangá entre os anos de 1972 e 1973, coincidentemente essa era a mesma época em que as reivindicações dos direitos das mulheres estavam no seu auge.
O mangá aborda assuntos sobre senso de justiça e questões de gênero, assim como apresenta fatos históricos e fala sobre direitos humanos. Com sua originalidade Ikeda acabou por revolucionar o estilo de mangá para o publico feminino, fazendo com que uma nova geração de mangakás fosse criada através de sua influência.

Sobre a trama e sua história:

O enredo de Rosa de Versalhes é focado em Oscar François de Jarjayes, uma menina criada como homem e acabou se tornando uma grande líder sendo responsável por várias conquistas. Possuindo reconhecimento internacional, Lady Oscar se tornou referência para as mulheres por causa de sua força e destreza.
Além de Lady Oscar o mangá é centrado também em Maria Antonieta, uma menina que está com o casamento prometido ao rei da França.
A trama possui algumas partes que foram baseadas em eventos históricos reais relacionados a época da Revolução Francesa no século XVIII.
Durante o século XVIII, na França, o general Jarjayes está incomodado pelo fato de descobrir que mesmo depois de tentar ter um filho homem, sua sexta filha também é uma menina. Sua preocupação se dá pelo fato de não conseguir manter o nome e o prestígio da família, já que é um general de renome, sendo assim decide criá-la como menino já que na época apenas os homens poderiam suceder o cargo.
Lady Oscar então passa a frequentar o colégio militar, sendo uma aluna de destaque, e acaba por conquistar o título de capitã da guarda real. Sua função: ser responsável pela proteção da rainha Maria Antonieta.

A autora:

Riyoko Ikeda se tornou uma referência nos mangás para o publico feminino. Seus títulos apresentam fatos históricos reais como à revolução francesa e russa.
Suas influências estão no seu interesse pelas obras do romancista Stefan Zweig que foi o autor de “Maria Antonieta – Retrato de uma Personagem Central (1932)”, que serviu de inspiração para a criação de Rosa de Versalhes.
Ikedo obteve uma influência tão grande que recebeu a Ordre National de la Légion d’honneurna França em 2008, pela sua contribuição do conhecimento a respeito da história francesa noJapão.
Segundo ela, a história mudou os conceitos sobre os mangás shoujo que até então não era bem visto pela editora que publicou o mangá.

Deixe seu Comentário:

Seu comentário é bem-vindo porque através dele você expressa o que está sentindo. Fico feliz e espero ansiosamente pela sua experiência compartilhada aqui no blog! Espero que tenha gostado, volte sempre <3

Assine as postagens | Inscrever-se para comentários

Todos os direitos reservados. © 2018 Ⓐnime e Ⓒafé