Postado por : Naraku quarta-feira, 4 de julho de 2018

Um dos maiores mistérios do anime Pokémon, que, nunca teve um desfecho, será esclarecido neste artigo.


©OLM/ “A tão misteriosa Pokébola GS!”

Fala Pokemaníacos, beleza? Éder na área para mais um post. E você deve ter se perguntado algumas vezes sobre certas coisas que a The Pokémon Company quer que você esqueça sobre o anime dos monstros de bolso; como por exemplo, o Primeape do Ash; ou o Pidgeot que o nosso protagonista prometeu buscar e nunca o pegou de volta?
Pois bem, mas como nós, “pokéfanáticos”, não deixamos passar nada; eis que então venho esclarecer, esmiuçar, detalhar sobre um dos maiores mistérios do anime; que é o motivo o qual a Pokébola GS nunca mais apareceu desde Johto e que muito provavelmente nunca mais a veremos no anime. Sem mais enrolação, bora lá e siga-me os bons.

Como tudo começou


©OLM

Bom, o universo Pokémon surgiu a partir de Arceus e…. (brincadeira pessoal). A história da Pokébola GS começa no episódio 81 da primeira temporada de Pokémon, que se intitula Festa de Arromba (10 de 10 para esse título).
Nesse episódio, logo depois do término da Liga Pokémon no Planalto Índico (ô saudades), o Professor Carvalho pede a Ash que vá até a Ilha de Valência, no Arquipélago Laranja; encontrar com a Professora Ivyuma cientista local e amiga de longa data, para pegar uma Pokébola misteriosa. (E aí há um problema; que mais para frente explicarei melhor) por algum motivo, a Pokébola GS não podia ser transferida por aquelas máquinas de transferências.
Mas eis que no episódio 83, de nome A Pokébola Misteriosa, nosso protagonista recebe das mãos dela; esta bendita Pokébola com uma coloração um tanto quanto diferenciada.

Continuando


©OLM

Depois de muitas análises e encontrar muita dificuldade para descobrir o conteúdo da Pokébola GS, o Professor Carvalho a deixa com Ash no episódio Revivendo as Rivalidades; para entregar a Kurt, um famoso ferreiro de Pokébolas na região de Johto.
Em “Colhendo Pokébolas”, Kurt, ao final do episodio, diz que precisaria de mais tempo para análise, já que a Pokébola GS  é um artefato que é diferente das tradicionais, as quais ele fabricava. Desde então, ela apareceu apenas mais uma vez (no caso do episódio “A Hora do Houndour”) e em um flashblack; depois caiu em um esquecimento absurdo no restante da saga Johto.

Mas afinal de contas, por que a Pokébola GS nunca mais apareceu no anime?


©OLM/”Porque você se foi? Quantas saudades eu senti”…

Vamos contextualizar isso a partir de agora. A história da Pokébola GS não era para ter terminado ali, com Kurt; muito pelo contrário. Existiam planos de uma história muito mais elaborada. Segundo Masamitsu Hidaka,  diretor do anime Pokémon na época, em uma entrevista em 2008, explicou que a Pokébola GS originalmente iria conter o Celebi; e que seria a estrela de um grande arco da saga de Johto.
No entanto, foi decidido que o Pokémon mítico da floresta seria a estrela do quarto filme da franquia (Pokémon 4: Viajantes do Tempo – Celebi, a Voz da Floresta); então o arco da história no anime, repetindo a mesma coisa, foi visto como redundante e arquivada. A Pokébola GS ficou com Kurt com a esperança de que os espectadores acabassem esquecendo. E foi realmente o que aconteceu.

E a conclusão sobre isso é?


©OLM/ “Pokébola dourada vale mais do que dinheiro!”

O grande problema, em minha opinião, é toda história construída em torno desta Pokébola. Começando da sua “origem”. Nunca foi explicado no anime; propriamente dito, como ela foi concebida ou que mística envolve esta. De onde ela veio? Como foi concebida? Quem a entregou a Professora Ivy, com certeza, já tinha algum conhecimento sobre a GS, então por que isso não foi explorado?
Uma profundidade maior desde o inicio; desde as Ilhas Laranjas, quando ela apareceu pela primeira vez, proporcionaria bem mais desenvolvimento, e histórias bem-interessantes (se fossem bem desenvolvidas pelos roteiristas, é claro); o que infelizmente não foi o que aconteceu; deixando brechas e muitas pontas soltas acerca desta Pokébola.
Uma curiosidade sobre a Pokébola GS diz respeito ao seu nome, que tem uma referência a geração na qual ela é introduzida. GS significa Gold and Silver, que é o nome dos jogos da segunda geração. Além disso, a Pokébola possui as cores dourada (Gold) na parte de cima e prateada (Silver) na parte de baixo. Interessante, certo? (ou será que não?) 

©FOX/”Agora eu entendi. Agora eu saquei.”

E você, meu caro “pokemaníaco” guru? Gostou de saber da verdadeira razão da Pokébola GS nunca nais aparecer no anime? Deixe seus comentários sobre o que achou e sobre sugestões para os próximos posts. Um grande abraço e até a próxima.

Deixe seu Comentário:

Seu comentário é bem-vindo porque através dele você expressa o que está sentindo. Fico feliz e espero ansiosamente pela sua experiência compartilhada aqui no blog! Espero que tenha gostado, volte sempre <3

Assine as postagens | Inscrever-se para comentários

Todos os direitos reservados. © 2018 Ⓐnime e Ⓒafé